Pequenas recidivas existem, então para tentar evitá-las, após a remoção do aparelho, é iniciada uma das fases mais importantes do tratamento que é a fase da contenção. Contenção é a manutenção dos dentes nas posições estéticas e funcionais ideais, obtidas durante o período de tratamento ativo, até que se forme novo tecido ósseo em torno dos mesmos, e até que lábios e língua tenham se adaptado a estas novas posições.

Existem vários tipos de aparelhos de contenção, fixos e removíveis. O ortodontista decidirá qual ou quais o paciente deverá usar e fixará os intervalos nos quais o paciente deverá comparecer ao consultório para acompanhamento. Cada paciente terá o seu protocolo de contenção explicado pelo ortodontista ao final do tratamento. Nesse protocolo serão informadas quantas horas por dia deverá usar os aparelhos e o procedimento no caso de quebra ou perda dos mesmos.

Protegendo o investimento ortodôntico
O paciente é a pessoa encarregada de manter seus dentes alinhados. Como se faz isso? Usando as contenções.
 As contenções são usadas por dois motivos: primeiro,
permitir que o osso se recupere após os dentes terem sido movimentados e segundo, para evitar que os dentes deslizem de suas posições. Em outras palavras, as contenções preservam e estabilizam os resultados que o paciente e seu ortodontista conseguiram durante seu tratamento ortodôntico.

Expectativas a longo prazo
O fato é que, ao longo de sua vida, mesmo que alguém tenha feito tratamento ortodôntico, pode-se esperar mudanças 
na posição dos dentes. Muitos fatores atuam juntos para causar o deslocamento dos dentes. Tais mudanças variam de indivíduo para indivíduo e na maior parte do tempo elas são difíceis de serem notadas. Mas em certas ocasiões podem ocorrer mudanças desagradáveis tanto para o paciente quanto para o ortodontista. Mudanças na posição dos dentes não são uma falha do seu tratamento ortodôntico, mas um processo natural. Nós sofremos mudanças no nosso corpo à medida que envelhecemos e os dentes não são exceção. Para ajudar a controlar e limitar essas mudanças, as contenções são prescritas depois que os aparelhos fixos são removidos.

Deve-se usar o aparelho de contenção conforme orientação do ortodontista
Depois que o aparelho ortodôntico é removido, o paciente e seu ortodontista irão querer manter o novo sorriso bonito e saudável. 
A melhor maneira de fazer isso é usando o aparelho de contenção.

Apesar de parecer simples, o aparelho de contenção é muito eficiente. Ele é parte importante do tratamento ortodôntico e foi planejado para manter os dentes do paciente exatamente nos locais onde foram colocados. Se o paciente usá-lo da forma como foi orientado, ele será a peça chave para manter o sucesso do tratamento.

Há uma grande variedade de aparelhos de contenção. Alguns são removíveis e outros são fixos, ou seja, são colados aos dentes, e não podem ser removidos. O ortodontista saberá qual a melhor opção para cada caso e escolherá o que irá oferecer o melhor resultado, que é o de manter dentes em suas devidas posições.



Para que o aparelho de contenção consiga cumprir sua missão, deve-se seguir três regras:

1. Usá-lo conforme prescrito.
Os aparelhos de contenção só serão efetivos se o paciente seguir adequadamente as instruções de uso prescritas pelo ortodontista.
Eles só estarão trabalhando quando estiverem na boca, não no bolso ou na bolsa. Usar o aparelho de contenção após a remoção do aparelho fixo é a melhor forma de preservar o sorriso bonito e saudável!

2. Mantê-lo limpo.
Se o aparelho de contenção já está adaptado, é hora de mantê-lo limpo quando você for retirá-lo. O ortodontista irá explicar como fazer isso.
Se o aparelho de contenção está colado aos dentes, é importante escová-lo adequadamente após as refeições e usar 
o fio dental pelo menos uma vez ao dia, passando-o sob o fio ortodôntico. O ortodontista irá ensinar como ter cuidado com o aparelho de contenção fixo. Se não for possível escovar os dentes após a refeição, deve-se pelo menos tentar bochechar com água até que tenha a possibilidade de escová-lo da forma apropriada.
Seja o aparelho de contenção fixo ou removível, o paciente deve certificar-se de visitar o Ortodontista pelo menos a cada 6 meses ou em outro intervalo sugerido pelo Ortodontista, quando ele poderá ajudar na limpeza.

3. Manipular o aparelho com cuidado.
Deve-se lembrar que quando o aparelho de contenção removível não estiver na boca, deve estar na sua caixa de plástico. Aparelhos de contenção são facilmente perdidos, mais do que se imagina, e sua substituição tem um custo elevado. Se colocados no bolso, na bolsa ou na mochila fora de suas caixas, podem cair e se perder ou se quebrar. Se forem retirados para se alimentar e enrolados em um guardanapo, ele poderá ser acidentalmente jogado no lixo. Se deixados jogados em qualquer lugar, podem cair no chão e serem pisados, ou ainda serem pegos por animais domésticos, como cães ou gatos.
Se a orientação recebida for para usar o aparelho de contenção durante somente uma parte do dia, ele deverá ser guardado na sua caixa durante o restante do período. Desta forma se terá certeza de que ele não será quebrado ou perdido.
Contatar o ortodontista imediatamente se houver algum problema com o aparelho de contenção.
Se o aparelho de contenção quebrar ou se perder, deve-se entrar em contato o mais rápido possível com o ortodontista, que poderá substituí-lo. Da mesma forma, se ele não estiver bem ajustado ou adaptado – o que pode ocorrer se não forem usados da forma como o ortodontista prescreveu – ou caso o aparelho de contenção fixo se soltar, deve-se ligar para o ortodontista e marcar uma consulta.

Placa de contenção superior tipo Wrap around

Placa de contenção superior tipo Wrap around

Placa de contenção superior tipo Wrap around

Placa de contenção superior tipo Wrap around

Seguir as orientações do ortodontista.
O aparelho de contenção foi desenhado para ter um papel importantíssimo no tratamento ortodôntico. É muito importante que sejam usados exatamente da forma como foi orientado. Se não for feito desta forma, não será possível garantir a manutenção dos objetivos alcançados. Os dentes podem retornar às posições originais, comprometendo parte do grande resultado obtido.
Pode ser que se precise usar o aparelho de contenção por algum tempo. Cada caso clínico é diferente. Simplesmente deve-se seguir os conselhos do Ortodontista, que é quem conhece melhor o caso. Existem pacientes que necessitarão de contenção permanente. Só o ortodontista poderá determinar a duração da sua contenção.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados. *